Investimentos

Investir na Bolsa: 2 abordagens

Pedro Pais Pedro Pais , 18 Abril 2007 | 4 Comentários
O investimento no mercado accionista pode seguir duas perspectivas, ambas elas válidas na maior parte dos investimentos financeiros. Uma baseia-se na Análise Técnica, outra na Análise Fundamental.
Pedro Pais é o fundador do financaspessoais.pt e do forumfinancas.pt. O Pedro é um dos maiores promotores de literacia financeira em Portugal contribuindo com centenas de artigos, ferramentas e simuladores que ajudam as pessoas a poupar, a investir ou a decifrar os mistérios da fiscalidade.

Análise Técnica

A Análise Técnica prende-se essencialmente com o estudo das variações passadas (normalmente de curto prazo) de uma acção. A partir da análise de indicadores, tendências e gráficos pretende-se extrapolar qual será o comportamento futuro da acção A abordagem técnica é essencialmente indicada para aqueles que pretendem fazer uma negociação diária da acçaõ e que preferem basear-se essencialmente em factores que não estão directamente correlacionados com o desempenho da empresa subjacente ou do mercado onde a mesmo se insere. Alguns bons recursos para um estudo mais aprofundado:
  • Arquivo ABC da Análise Técnica - Portal de Bolsa
  • Technical Analysis - Wikipedia
  • Forum Caldeirão de Bolsa

Análise Fundamental

A análise fundamental baseia-se no estudo do comportamento económico e financeiro do empresa subjacente à acção, do mercado onde a mesmo se insere e das perspectivas macro-económicas. Seria normal, dentro dessa análise, considerar-se os resultados passados da empresa, a evolução do mercado, a comparação do desempenho da empresa face aos seus concorrentes, a estabilidade económica do país onde a empresa se insere, etc. É essencialmente um estudo de médio/longo-prazo, que pretende avaliar a robustez económica e financeira de uma empresa. De forma idêntica, é útil a consulta de outros recursos:

Ponderação é essencial para investir na bolsa

A opção entre uma abordagem Técnica ou Fundamental não é consensual mas, pessoalmente, diria que o ideal será uma abordagem mista. Esta é, no entanto, uma opinião certamente controversa. O essencial, porém, é ponderar a sua escolha. Há que entender que um investimento financeiro, qualquer que seja a sua natureza exige estudo, aplicação e rigor - independentemente da abordagem adoptada. Qualquer que seja o esforço de estudo que tenha, não existem resultados garantidos. Mas ao entender como o mercado funciona e como se deve analisar uma acção e/ou uma empresa, está certamente a melhorar exponencialmente as suas probabilidades.
Partilhe este artigo
Etiquetas
  • #acções,
  • #bolsa,
  • #investimentos
Tem dúvidas sobre o assunto deste artigo?

No Fórum Finanças Pessoais irá encontrar uma grande comunidade que discute temas ligados à Poupança e Investimentos.
Visite o fórum e coloque a sua questão. A sua pergunta pode ajudar outras pessoas.

Ir para o Fórum Finanças Pessoais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

4 comentários em “Investir na Bolsa: 2 abordagens

  1. Carlos,

    a experiência mostra que a análise técnica responde algumas perguntas, tais como: QUANDO entrar e QUANDO sair de um papel. ONDE deve estar a ordem stop, etc.
    A análise fundamentalista responde QUAL papel é melhor dentro de um setor onde existem várias opções.
    Por isso o Jogo da Bol$a mostra as 2 opções…